Deputado Ivan Valente é o novo presidente do PSOL

Ivan Valente foi eleito presidente do PSOL

O deputado federal Ivan Valente (SP) foi eleito no final da tarde deste domingo (04), presidente nacional do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), durante o III congressso nacional da legenda, realizado em São Paulo.

Experiente e militante das lutas populares desde as grandes mobilizações da juventude nos anos 60, quando foi dirigente do Centro Acadêmico da Escola de Engenharia Mauá. Como membro da geração que, em 1968, despertou para a militância política na resistência democrática à ditadura, Ivan Valente, foi perseguido, preso, torturado e condenado pelo regime dos generais. Ajudou a fundar o “Comitê Brasileiro pela Anistia/SP” e dirigiu o jornal socialista “Companheiro”.

Com mais de 25 anos de experiência parlamentar, Ivan Valente vai comandar o PSOL nos próximos dois anos e juntamente com o novo diretório eleito hoje serão responsáveis de levar o partido à vitória nas eleições municipais de 2012.

O nome de Ivan Valente foi defendido na plenária final do III CNPSOL por Afrânio Boppré (presidente do PSOL), Bernadete Menezes (Intersindical – RS), Leandro Recife (Diretório Nacional) e Luiz Arnaldo Campos que destacou em sua fala: “Ser chamado a defender uma chapa, cuja os seus componentes tem desde combatentes provados na luta contra a ditadura militar como o companheiro Ivan Valente, o companheiro Jorge Almeida e muitos outros. A chapa de dirigentes sindicais como a companheira Derci Teles, mulher, presidente do sindicato dos trabalhadores rurais de Xapuri (AC) – o sindicato de Chico Mendes. A chapa de jovens, internacionalistas, como Leandro Recife, Juliano Medeiros que se formaram dentro do nosso partido e que na luta se formam tantos outros jovens dirigentes. A chapa de Randolfe, de Edmilson, que juntos com os companheiros do Rio de Janeiro serão os primeiros prefeitos do Partido Socialismo e Liberdade. A chapa de Marinor Brito, a senadora orgulho dos trabalhadores, honra e glória da classe operária”, disse.

Veja, abaixo, a íntegra da defesa feita por Luiz Arnaldo Campos.

Fonte: Marinor Brito

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s