Pérolas | Um intestino cheio de gás pode ser fatal

[Caçador de perolas]

O que Engels chamava de “falsa consciência” tem como ingrediente principal o esquecimento. Há várias formas de esquecimento. O esquecimento originário, o fetichismo da mercadoria, que nos faz esquecer que o valor não é uma relação entre coisas, e sim entre classes. O esquecimento histórico, que faz os alemães se esquecerem da ignomínia do nazismo, e os brasileiros se esquecerem de quatro séculos de escravidão. O esquecimento político, que nos faz esquecer os mortos e os torturados pelo regime militar. O esquecimento moral, que levou os que arriscaram a vida num combate heroico contra a ditadura a desonrarem sua biografia, praticando a corrupção como receita de governabilidade.
Sergio Paulo Rouanet – O Globo – 18/08/2012

“Uma megafesta pode custar R$ 50 mil ou R$ 1 milhão. Vai depender das atrações”, diz Juliana Françozo, dona da Happy Happenings, que está organizando uma festa infantil em um resort, com hospedagem e passagem dos cem convidados pagas pelos pais. Uma garota paulistana festejou seus oito anos em um “Day Spa” (R$ 80 mil para 50 convidadas). Reuniu as amigas para uma tarde com cabeleireiro, manicure, massagem, roupão e chinelos personalizados. “Foi surreal, as meninas ficaram doidas. O atendimento era com horário marcado e anunciávamos os nomes pelo microfone”, relata Juliana. Uma revista de celebridades “fake” [falsa] sobre ídolos teens foi distribuída para a turminha ler.
Mônica Bergamo – Folha de S. Paulo – 19/08/2012

Se é um estupro legítimo, o corpo feminino tem meios para eliminar tudo. Assumindo que isso talvez não funcionasse ou algo assim, eu acho que deve haver punição, mas a punição deveria ser do estuprador.
Todd Akin, deputado republicano do estado do Missouri, Estados Unidos – Huffington Post e  Agência AP – 20/08/2012

Um intestino cheio de gás pode ser fatal, como foi para um paciente passando pela cauterização de um pólipo no cólon. Uma fagulha elétrica causou a detonação do intestino do paciente, explodindo o colonoscópio e abrindo um buraco de 15 centímetros no intestino grosso.
Trecho do livro “Curious Behaviour – Yawning, Laughing, Hiccuping, and Beyond”, de Robert R. Provine (sem tradução no Brasil) – The New York Times (notícias UOL) – 21/08/2012

Eles se infiltram em comunidades muçulmanas para achar recrutas, os convencem a realizar ataques, fornecem dinheiro, armas e o know-how para levar seu plano adiante – apenas para saltar heroicamente no último instante, prender os supostos agressores que o FBI havia criado, e salvar uma grata nação de uma trama orquestrada… pelo próprio FBI.
Uma das denúncias do documentário de rádio “This American Life”, produzido pela Chicago Public Media – operamundi.uol.com.br – 22/08/2012

Os garotos que passam os dias nas LAN houses não carregam mais fantasias dentro de si. Vão às LANs para buscá-las fora de si mesmos, nas telas dos computadores, e delas se empanturram. Elétricos e insaciáveis, eles devoram as imagens que cintilam à sua frente. Não preenchem seu vazio. Ao contrário: elas o alargam.
José Castelo, no artigo “Espelho, espelho meu” – Valor – 24/08/2012

Leia mais pérolas em http://cacadordeperolas.blogspot.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s