Pesquisa mostra como crianças negras foram retratadas no período pós-abolição dos escravos

ImagemUma pesquisa desenvolvida na UFSCar (Universidade Federal de São Carlos, SP) mostra como crianças negras foram retratadas no período pós-abolição dos escravos. Com imagens produzidas entre os anos de 1880 e 1940, o trabalho inovador, tanto no Brasil quanto no exterior, reúne fotos da vida cotidiana e escolar de uma infância quase esquecida pela história. 

Um dos principais sinais de uma infância negra perceptíveis nas imagens recolhidas e em algumas fotografias do século XIX é a experiência ligada ao trabalho e à escravidão. Ainda que não tenham idade para realizar trabalhos, crianças pequenas, por exemplo, aparecem às costas de suas mães para que estas tenham as mãos livres para os afazeres. As imagens retratam também a proximidade das crianças com os adultos, especialmente em relação ao modo como se vestem que não se difere para cada faixa etária.

Imagens de crianças brincando ou com brinquedos são as mais raras. Os poucos sinais de infância encontrados, mesmo com a pequena quantidade e a dificuldade de localizar as fotografias, levaram os pesquisadores a ponderar sobre a invisibilidade da considerável população de crianças, sobretudo, negras, daquela época.

As imagens reunidas no projeto estão disponíveis no site do Núcleo de Imagens de Crianças e Infâncias do Grupo de Pesquisa “Estudos sobre a criança, a infância e a educação infantil: políticas e práticas da diferença”, criado em 1998 na UFSCar. O endereço é www.criancasinfancias.ufscar.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s