Marco Carrera | PSOL do Pará terá sociólogo como candidato ao governo

Imagem

[Da Redação]

O sociólogo Marco Carrera será o candidato do PSOL ao governo do Pará. A indicação foi formalizada nesta terça-feira (20), pela executiva estadual da legenda, em função da desistência da ex-deputada Araceli Lemos em concorrer ao pleito, por motivos de saúde. “Preciso comunicar que não tenho condições de levar adiante essa importante missão a mim delegada. Imperativos relacionados à saúde me obrigam a diminuir o ritmo de minha participação, por expressa recomendação médica e atendendo também ao apelo de meus familiares”, afirmou em carta endereçada à militância partidária, em 14.05. O nome do sociólogo deverá ser ratificado pelo Diretório Estadual em reunião a ser realizada no próximo dia 7 de junho.

Marco Carrera conta com o apoio da maioria dos membros do diretório e tem o aval das principais lideranças do partido, entre elas, a do senador Randolfe Rodrigues, pré-candidato a presidência da República, e do deputado Edmilson Rodrigues, candidato da legenda a deputado federal.

A escolha do sociólogo não deve alterar o objetivo dos psolistas no Pará. O partido pretende constituir-se em alternativa real à polarização do campo das elites. A expectativa é de que as principais lideranças do partido ajudem a puxar um número alto de votos e assim aumentar a representatividade do PSOL na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. É o caso do deputado Edmilson Rodrigues, que conquistou cerca de 350 mil votos (45%) na disputa pela prefeitura da capital paraense em 2012, e da ex-senadora Marinor Brito, eleita a vereadora mais votada da capital, escalada junto com o ex-senador José Nery como puxadores de voto para o legislativo paraense.

Outros nomes poderão ser apreciados pelo diretório estadual, mas inclinação da maioria dos seus membros em prol do sociólogo Marco Carrera é fato consumado, segundo dirigentes.

Marco Carrera é militante histórico do movimento socialista no Pará

Marco Carrera é natural de Belém do Pará, 47 anos, sociólogo, formado pela Universidade Federal do Pará, especialista em gestão urbana e desenvolvimento local, técnico da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e professor da rede pública estadual.
Atualmente, é coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Gestão Ambiental do Estado do Pará (Sindiambiental), fundador da Intersindical – Central da Classe trabalhadora, em Congresso realizado em abril deste ano. É também membro do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema). Casado há 23 anos com a engenheira Sílvia Batista e pai de dois filhos.

Militante histórico do movimento socialista, Carrera integrou na década de 80 as fileiras do Partido Comunista Brasileiro, ainda na clandestinidade, na luta de resistência contra a ditadura militar no Brasil, com destacado papel na organização do movimento estudantil no Pará. Foi dirigente da UMES (União Municipal dos Estudantes Secundaristas) e da UBES (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas).

Na condição de sindicalista, ainda como servidor da Secretaria de Agricultura, tornou-se dirigente sindical e um dos fundadores da Intersindical dos Servidores Públicos do Estado. Carrera também colaborou com o Governo do Povo, entre os anos de 97 e 2004, na gestão do então prefeito Edmilson Rodrigues, como Coordenador do núcleo de participação popular, ligada à Secretaria de Planejamento e Gestão da Prefeitura, ajudando a fortalecer as experiências exitosas do Orçamento Participativo e do Congresso da Cidade. Vem colaborando, desde então, na elaboração dos programas de governo do PSOL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s